terça-feira, 1 de abril de 2008

Once more...this time with feeling...

Encontro-me mais uma vez numa encruzilhada, numa daquelas bem grandes, com tantos caminhos que basta-me virar um cm e estou a olhar para um mundo novo, a descobrir, um futuro mesmo à minha frente, como o sol a brilhar no horizonte...
existe tanta coisa que pode depender destas próximas semanas,
tanta coisa que eu quero fazer, que quero compreender e que gostaria de dizer e fazer perceber....
Estou com muito medo de desperdiçar novamente oportunidades, quero [para variar] sair-me bem em algo que é importante para mim...
Neste preciso momento eu estou aterrorizada, cheia de medo de perder tudo,
de perder aquele instante que quero falar ou aquela altura em que tenho de avançar. Tenho medo de que, no momento em que tudo pesa na balança, eu simplesmente olhe para o lado, enquanto aquilo que realmente quero da vida passe por mim...

eu sei que só há um remédio para o medo...
Sei que temos de pegar em nós, e avançar, combater aquilo que nos aterroriza e dar o nosso melhor. Sei que devemos lutar por aquilo que acreditamos e por aquilo que queremos. Compreendo e sinto que devemos ter fé em nós e nas nossas capacidades...
Sei que devo perder as indecisões, expulsá-las para a rua da amargura e seguir em frente!
É sentir aquilo que realmente sou, e enfrentar aquilo que quero ser. É não ter medo de dizer ao mundo que estou viva...
[alive and kicking]



é olhar para a frente e sorrir...
nunca virar as costas...
é andar em frente...
sempre em frente...




i am sick of being IF i want to an IS i want to make it happen, want to show the world who i am,
how i feel,
what i think and see...
i want to be seen and not forgotten...
i want to be...
me!
[with you, starlight, 'cause i found out that,
that's the only way i can be...]

Sem comentários: