segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

2008....a saga continua

É incrível o poder de um novo o ano...

penso que seja porque as pessoas
marcam o ano novo como o começo de uma vida nova...
mais uma hipótese de fazer as coisas como deve ser
acho eu...
é estranho...
como uma data marcada por um homem num calendário há anos longíquos pode ter tanta influência na vida de pessoas...

na minha rua há foguetes e pessoas a apitar...
uma norme folia...
mais uma oportunidade de festejar...
afogar as mágoas do ano passado na bebida
e confessar os desejos para o ano vindouro no copo meio cheio...
(porque o ano está a começar
e temos de ser optimistas...)


ao bater das 12 badaladas,
enquanto toda a gente à minha volta comia passas
e pensava nos seus desejos eu comia pinhões...
confesso que não gosto de passas
daí os pinhões...
e este foi o primeiro ano, desde à muito,
em que pedi desejos com o contar das badaladas...
foram atabalhoados e confusos...
não sei porquê...

nem de pedir desejos,
nem da confusão em que os pedi....


desejos...

sei-os de cor e salteado e peço os mesmos todos os anos...
com pequenas variantes...
mas a essência é a mesma...

foi estranho...
desde há muito que no ano novo que mantenho uma tradição....
não dou voz a resoluções...
e aos desejos guardo-os no coração...

de qualquer maneira...
não sei porque havemos de tentar mudar no início do ano...
porque não noutra altura qualquer?

é giro no entanto...
ver as pessoas a comoverem-se...
a celebrar com pompa e circunstância a entrada para o dia 1 de janeiro...

um ano novo...
limpinho e pronto a estrear...

one more chance to get it right they say...
for me...
i fear that this year is just one more chance to mess things up...
anyway...
its not the destination
it's the journey...
its not the end
but the way we walk it...
so bring it on...

may this year be one hell of a year...
with lots of good stuff and not one piece of the bad stuff

happy new year
happy 2008!



Sem comentários: